Oi!
Nerd

O Enigma do Cubo de Rubik Ou Apenas Cubo Mágico

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Pin It Share 0 0 Flares ×

Uma das diversões mais populares do planeta desde os anos 80 é o Cubo Rubik. Inventado em 1974 pelo húngaro, Ernő Rubik também popularmente conhecido como Cubo Mágico. 

Quem já não teve em mãos um cubo desses e tentou juntar as cores por algum tempo e depois desistiu e jogou num canto qualquer para nunca mais ver. 

Eu comprei o meu em 2002 tentei, tentei, joguei num canto e só agora em 2009 resolvi tentar de novo. Me re-interessei depois de ler uma matéria na revista Galileu  que falava sobre o Número de Deus (não, não é sobre religião não é sobre Cubo Mágico mesmo).

 

O Cubo Mágico

Ele é um quebra-cabeça tridimensional , formado por pequenos cubos dispostos no padrão 3x3x3. Cada linha ou coluna de 3×3 pode ser rodada independente, e cada uma das fases tem cubinhos de cores diferentes (6 cores assim como o cubo que tem 6 lados). A solução envolve girar uma das fatias em qualquer sentido que seja possível até que cada face tenha todos os noves adesivos da mesma cor.

Depois de pesquisar acabei descobrindo que aquele método que todo mundo usa de montar cada lado individualmente é impossível. E uma vez antes deste estudo todo consegui montar 2 lados mas nada além disso.

Todavia o cubo é algo puramente matemático, deveria ter uma fórmula, um método. Na verdade existem alguns métodos. O mais comum deles existe graças a Jessica Fridrich, em 1982 ela criou uma técnica que confia na configuração tipo “baldeação” que nada mais é do que um arranjo intermediário que é meio caminho andado para a solução. Enfim seu arranjo escolhido é em um dos lados fazer uma cruz, por exemplo um cubinho vermelho no centro e 4 cubinhos adjacentes. Ela descobriu que, a partir dessa configuração, seria possível solucionar o cubo.
Com toda essa pesquisa também descobri que o formato 3x3x3 é só um dos formatos do Cubo e existem diversas variantes. Abaixo algumas delas.

Rapidamente sobre o Número de Deus: cientistas pesquisam o número mínimo de movimentos que alguém precisa para solucionar o cubo. Em meados de 2008 esse número já era de 22 movimentos.
A minha experiência de montar o cubo no final foi extremamente gratificante. Depois de montar o primeiro, ai você pega a manha e só vai, já montei 2. Não, não foram 2 vezes, foram 2 cubos diferentes. Eu não tive coragem de desmontar o primeiro cubo que montei, daí comprei outros.

Curiosidades:

– O cubo de Rubik possui 43.252.003.274.489.856.000 (43 quintilhões) de combinações possíveis diferentes.
– Se alguém pudesse realizar todas as combinações possíveis a uma velocidade de 10 por segundo, demoraria 136.000 anos, supondo que nunca repetisse a mesma combinação.

– O inventor deste quebra-cabeça, demorou um mês a resolver o cubo pela primeira vez.Gostou? Não gostou? Não concorda com nada do que eu disse? Deixe seu recado. Quer entrar em contato conosco, dar a sua sugestão de assunto que gostaria de ver por aqui: blogdoselback@blogdoselback.com.br . Espero que tenham gostado, até o próximo post, divirtam-se e até logo.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Pin It Share 0 0 Flares ×