Oi!
FilmesLivros

Versões Cinematográficas de “O Morro dos Ventos Uivantes”

Mês passado falamos aqui no blog sobre o livro clássico “O Morro dos Ventos Uivantes” (Wuthering Heights), de Emily Brontë. Hoje vamos falar sobre algumas adaptações para o cinema e TV que o livro gerou.

Adaptar livros para o cinema é sempre uma tarefa ingrata, pois por mais esforçada que seja a versão alguém sempre sai descontente. Imagine então filmar um dos maiores clássicos da literatura inglesa, voa tomate de todo o lado, né?

Mas apesar disso, nós aqui do blog achamos que é sempre divertido ficar comparando o livro com o filme. Preparei para vocês resenhas das duas versões que eu assisti, e também a ficha técnica das demais versões, para quem tiver curiosidade de conferir. Divirtam-se!

1992 (Filme) – com Ralph Fiennes (Heathcliff) e Juliette Binoche (Catherine)

Pontos fortes: Embora reduza algumas partes da estória, no geral é bastante fiel ao livro, incluindo várias passagens icônicas. Há um clima bem gótico, tanto nos cenários, sempre à luz de velas, quanto na trilha sonora e nas paisagens. Achei uma boa interpretação de Ralph Fiennes, embora o tormento de seu Heathcliff seja mais interior, e menos fisicamente violento que o do livro.
Pontos fracos: A caracterização física dos personagens: Heathcliff no livro é descrito como moreno de aparência cigana, por isso botaram um bronzeado bizarro no Ralph Fiennes (coitado, ele não merecia). Já a Juliette Binoche faz o papel tanto da Catherine mãe quanto da Catherine filha, e o que diferencia uma da outra é uma peruca loira (!).
Além disso, há alguns “defeitos especiais”.


2009 (Filme para a TV) – com Tom Hardy (Heathcliff) e Charlotte Riley (Catherine)

Pontos fortes: A produção foi muito bem-feita: os cenários, as paisagens, a fotografia, é tudo muito bonito. Na minha opinião, Tom Hardy foi um excelente Heathcliff, atraente e perigoso ao mesmo tempo. Catherine, que no livro tem um temperamento forte, normalmente é um problema nas adaptações, que a mostram sem-graça; mas a novata Charlotte Riley até dá conta do recado (sem contar que ela é linda).
Pontos fracos: alterações desnecessárias no enredo, por exemplo, Heathcliff e Catherine serem amantes, entre outros. Na minha opinião, a história original do livro já é complexa o suficiente, com bem pouca enrolação; alterá-la apenas enfraquece sua carga emocional.


Outras versões:
1939 (Filme) – com Laurence Olivier (Heathcliff) e Merle Oberon (Catherine) IMDB

Primeira adaptação da história para o cinema, é um clássico, mas tem pouco a ver com o livro. Cobre somente a primeira geração de personagens.

1954 – “Abismos de Pasión” (Filme) IMDB

Dirigido por Luis Buñuel, essa versão se passa no México e conta a história de Alejandro e Catalina (qualquer semelhança NÃO é mera coincidência).

1970 (Filme) – com Timothy Dalton (Heathcliff) e Anna-Calder Marshall (Catherine) IMDB

Cobre somente a primeira geração de personagens.

1978 (Série de TV britânica) – com Ken Hutchinson e Kay Adshead IMDB

Bem difícil de achar, supostamente é a versão mais fiel, seguindo quase palavra por palavra do livro, mas fica prejudicada pelo baixo orçamento da produção.

1998 (Série de TV britânica) – Robert Cavanah e Orla Brady IMDB

Outra versão bem fiel ao livro, com uma produção mais bem-cuidada.

Nota.: Há também um filme da MTV, mas me recuso a falar desse tipo de atrocidade.

Gostou? Não gostou? Não concorda com nada do que eu disse? Eu gosto mesmo é quando as pessoas não concordam. Deixe seu recado.

Quer entrar em contato conosco, dar a sua sugestão de assunto que gostaria de ver por aqui: blogdoselback@gmail.com.

Espero que tenham gostado, até o próximo post, divirtam-se e até logo

 

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape